APDESPbr - O CANAL DA PRÓTESE ODONTOLÓGICA BRASILEIRA

Dentogengival: simplificando os casos com a técnica híbrida

Conversamos com Ginetom Rodrigues sobre sua apresentação no EBPO 2018. Ele que é técnico em prótese dentária especialista em dentogengival trará dicas importantes sobre a técnica híbrida, que une a tecnologia digital com  a personalização do trabalho do tpd. O ideal tão questionado no contexto mercadológico atual. Afinal, o digital veio pra ficar. E você? Em dúvida sobre como unir esses dois universos e conseguir a qualidade desejada com vantagens que otimizam sua produtividade? Então não perca essa apresentação, nem essa conversa que continua abaixo. 😉

A prótese dentogengival em cerâmica vem se destacando no cenário mundial nos últimos anos. Isso por causa da acessibilidade do tratamento que aumentou no período com a popularização do implante. Então seria uma questão de tempo para que os pacientes que já tinham investido nos implantes buscassem maior conforto e estética com a prótese implanto suportada na qualidade oferecida pela cerâmica. – Foi o que avaliou Ginetom Rodrigues há alguns anos quando decidiu se preparar para essa opotunidade de mercado. “Por isso é importante estarmos sempre nos atualizando”, afirma Ginetom.

Escolhas bem feitas – carreira de sucesso

Esse é um dos motivos pelos quais o tpd saiu na frente nesse quesito e alcançou o destaque que tem hoje no segmento. Outros motivos você encontra ao longo do texto. Mas a grande dica já compartilhada é que com o aprimoramento constante foi possível definir um posicionamento estrategico na vida profissional que hoje o coloca em um lugar de grande destaque no cenário nacional. [ Ginetom se apresenta dia 22 de Setembro às 10:30 e às 15:30 com o tema: Simplificando os casos dentogengivais com técnica híbrida. Conheça a Programação completa ou faça a sua inscrição aqui]

“Hoje o mercado é bem diferente. O paciente já chega sabendo o que quer e quais as possibilidades de tratamento. E nós precisamos estar preparados. Um dos grandes desafios nessa especialidade, por exemplo, é o fato de o técnico não ter como padrão em sua formação o conhecimento do tecido gengival, então precisamos ir buscar esse conhecimento. O paciente necessita de uma reabilitação oral completa e hoje nós temos que ter a visão ampliada, abarcando todas as áreas: a gengival, dentária e a funcional. O aprimoramento precisa ser constante.”

Sobre a Zircônia

A técnica apresentada por Ginetom Rodrigues é a confecção de prótese fixa em zircônia com estratificação vestibular (Ginetom utiliza a Zircônia Prettau, da Talmax)

Eu me especializei na prótese confeccionada com zircônia, seguindo também uma tendência de mercado. Mas, principalmente porque ela oferece grandes vantagens em relação às outras opções.

  • Qualidade estética muito superior ao metal.
  • Biocompatibilidade muito grande com o meio oral.
  • Material muito mais fácil de fresar, no CAD/CAM.
  • Durabilidade grande – mas dependente de conhecimento técnico para atingir esse potencial, caso contrárrio ela pode, inclusive, ser inferior ao metal.

Apesar de apresentar maior facilidade no momento da fresagem, é um material que exige muito conhecimento técnico! Porque necessita que seja aplicada uma técnica bem pontual. Se ela for utilizada como se utiliza o metal com certeza o técnico não obterá sucesso. Então é necessário ter um conhecimento muito grande desse material para saber extrair toda a potencialidade oferecida pela zircônia.

[ Reserve a sua vaga para a apresentação de Ginetom, dia 22/09 às 10:30 e 15:30. Conheça a programação científica completa ou faça agora a sua inscrição! ]

 

Sobre a técnica híbrida – tema da apresentação EBPO 2018

Hoje temos visto a grande utilização dos materiais totalmente fresados. A desvantagem desse método é a impossibilidade de personalizar esse trabalho com a habilidade manual do técnico, que imprime uma característica mais refinada ao trabalho final. Com a técnica híbrida nós ganhamos muito em produtividade e em previsibilidade. Com ela investimos ¾ do trabalho com fresagem e maquiagem dental. No tempo restante o técnico irá estratificar apenas a vestibular. Assim ganhamos bastante também em resistência e em durabilidade.

(As imagens acima foram enviadas pelo Ginetom produzidas para a sua apostila: Detogengival-Ginetom Rodrigues Tissue Concept)

A importância da integração clínico laboratorial

Logicamente que tudo isso depende de um bom parcceiro na área clínica, porque exige uma moldagem totalmente fiel para obtermos sucesso no caso.

O workshop – EBPO 2018: 22/09 às 10:30 e 15:30 

Tema: Simplificando os casos dentogengivais com técnica híbrida

Faça a sua inscrição aqui!

Durante o workshop Ginetom vai demonstrar o passo a passo com as etapas primordiais para se atingir a excelência nesse processo. Com um bom resultado estético, funcional e em durabilidade. “O formato prático é muito bom para que o público tenha contato com o material, não veja apenas em slide, isso faz diferença. E, neste caso principalmente, terão a possibilidade de acompanhar o processo da queima, com a programação do forno e demais detalhes técnicos que surgem da espontaneidade do momento, fazendo ao vivo.”

Além de inquestionável talento no trabalho com a prótese odontológica Ginetom também tem uma didática muito boa para transmitir seu conhecimento e uma postura acessível junto a seu público que fará desse workshop um excelente momento para captar bons insights para a sua carreira. Esteja entre os melhores!

Mais 21 profissionais se apresentam nos dois dias de evento (21 e 22 de Setembro) e você ainda precisa reservar um tempo para visitar a Exposição Comercial, com grandes marcas do setor.  Reserve a sua vaga para o maior Encontro da Prótese Odontológica Brasileira – EBPO 2018.

Maria Fernanda Marques

Gestora de marketing da marca APDESPbr digital. Especialista em branding, comunicação humanizada e planejamento estratégico. Acima de tudo, apaixonada por gente! E motivada pelas relações humanas e as boas histórias que delas resultam, sobre pessoas e marcas.

Add comment