APDESPbr - O CANAL DA PRÓTESE ODONTOLÓGICA BRASILEIRA

O dedicado técnico do setor de gesso que ganhou o mundo

Ele só queria parar de levar bronca. Hoje é sucesso incontestável em sua área de atuação. Já rodou o Brasil e alguns países da Europa e América Latina como ministrante em palestras e cursos de aperfeiçoamento. O técnico em prótese dentária Darlos Soares conhecido como o mestre do gesso hoje ensina a arte de confeccionar um troquel que confere maior precisão às peças protéticas.

Porém, afirma nunca ter tido essa intenção quando se colocou a estudar mais a fundo. Pesquisar sobre os procedimentos ideais na confecção de troquéis de precisão tinha um objetivo claro: reduzir as queixas no laboratório de prótese sobre sua atividade.

 

O TPD afirma com a sua experiência que essa área é pouco valorizada nos laboratórios de prótese dentária por todo o país. Mas que, em contrapartida, é uma área vital dentro de um laboratório. O trabalho que norteia todos os demais trabalhos de um protético ou de uma protética, de qualquer especialidade. Sendo assim, qualquer problema no setor de gesso desencadeia falhas e consequentes rejeições nos produtos finais de toda a equipe.

Cansado das constantes reclamações se empenhou em mudar essa realidade. Buscou livros, referências, cursos e não encontrou quase nada sobre o assunto. Pronto! Passou a escrever seus procedimentos. Anotava todas as etapas e foi criando um material próprio para nortear suas futuras peças e ter um respaldo caso chegassem as indagações.

Foi assim que o curitibano começou a desenhar seus passos para uma trajetória de sucesso. O menino acompanhava o pai na entrega de caixinhas de embalagem nos laboratórios de prótese. Ficava curioso com o cheiro dos materiais, mas mal sabia o que era prótese dentária na sua adolescência. Aos dezoito anos começou o curso técnico em prótese dentária.

Pouco tempo depois estava na platéia do Congresso Internacional de Técnicos em Prótese Dentária, organizado pela APDESPbr. Segundo ele, admirando as estrelas no palco daquele grandioso evento. Mas não demorou muito para a sua estrela brilhar também. O reconhecimento da sua diferenciada dedicação levou pouco tempo.

 

Quando deu por conta já tinha experiência e material suficiente para compartilhar. Na verdade não foi ele quem deu conta. Murilo Calgaro, notável técnico em prótese dental brasileiro, para quem Darlos trabalhava na época, foi quem o incentivou. Emprestou seu material de fotografia e o encorajou a registrar seus procedimentos. A fotografar as etapas do trabalho para um dia poder compartilhar com as pessoas. Enxerga longe, né?! E age com generosidade – a quem Darlos reforça o carinho e a gratidão. Na primeira oportunidade reuniu um grupo de alunos e colocou o dedicado técnico do setor de gesso em uma posição que ele segue até hoje, como professor.

Eu procurei literatura, procurei cursos, não encontrei muitos materiais, então eu passei a escrever os meus procedimentos, como que eu tinha que fazer. Acabou que, depois que eu escrevi, eu comecei a caprichar nisso, meu trabalho melhorou. Eu comecei a trabalhar mais feliz porque pararam as reclamações. Ou reduziram as reclamações. E quando eu comecei a ficar BEM mais feliz?!

Ah, esse final você vai ter que assistir ao vídeo pra saber. 😉 Até porque a história contada por Darlos fica mais cativante e repleta de detalhes e significados. E se prepara para os demais porque esse é só o primeiro, a história continua.

Até o próximo vídeo.

 

>> Gostou dessa história? – Então acesse a matéria realizada com Darlos Soares em 2018 que é uma das mais lidas do Canal: Troquéis – cuidados relevantes ao segmentar e delimitar

Maria Fernanda Marques

Gestora de comunicação e marketing na Cairós Humaniza. Especialista em branding, comunicação humanizada e planejamento estratégico. Acima de tudo, apaixonada por gente! E motivada pelas relações humanas e as boas histórias que delas resultam, sobre pessoas e marcas.

Deixar um comentário