APDESPbr - O CANAL DA PRÓTESE ODONTOLÓGICA BRASILEIRA

O pioneirismo e a força feminina em projetos vultosos na odontologia

Quem vem acompanhando a série ‘Sua história, nosso valor’ já assistiu aos outros dois vídeos com Tininha Gomes e sabe como essa história começou. A técnica em prótese dentária sempre sonhou com a odontologia. Mas antes de ingressar neste universo foi levada a traçar outro caminho. Formou-se em fisioterapia, se especializou na área de neurologia, e durante um período de apertos no laboratório de prótese de seu marido, praticou a atividade de protética para auxiliar com  a intensa demanda. Uma vida agitada, como ela, a capixaba residente em Joinville, SC, e cidadã do mundo, com uma carreira internacional de sucesso e vida pessoal realizada, conforme relata.

Se preferir assistir aos anteriores antes de prosseguir, acesse os vídeos aqui: O sonho com a odontologia e a paixão pela anatomia dental e Os momentos decisivos para uma carreira de sucesso 

Assim, nesta toada empolgante, Tininha nos concedeu esta entrevista, acompanhada de perto por seu marido, o também querido, Reinaldo Nascimento. A quem ela tem dirigido atenção carinhosa no relato de sua trajetória e quem, pessoalmente, imprime este mesmo carinho a sua companheira. Um casal e tanto! Da gosto de contar histórias assim, pautadas por valores percebidos na vida real dos personagens.

A dentista, fisioterapeuta e técnica em prótese dental, falou com entusiasmo e naturalidade e nos contou tudo o que gostaríamos de saber com poucas perguntas. Ela foi falando lindamente e ‘ticando’ espontaneamente todas as perguntas que eu elaborava no meu checklist mental. (rs) Desenvoltura de quem tem consciência de seus feitos e coerência em sua atuação. Essa segurança lhe promoveu uma carreira internacional ainda cursando a faculdade de odontologia.

Pois, em sua experiência como protética, já havia desenvolvido uma cera em parceria com uma empresa e foi convidada a se apresentar ao vivo  no estande durante a exposição comercial do Congresso Internacional da Associação dos Técnicos em Prótese Dentária do brasil, a APDESPBR. De sua apresentação no estande surgiram diversos convites para ministrar cursos no Brasil e no exterior.

Foi onde eu comecei a minha carreira internacional. Porque eu comecei a dar curso no México, na Colômbia, Argentina, e depois eu fui para a Europa, para um grande instituto, que era o Instituto de August Bruguera. Eu nem acreditava que eu ia dar um curso internacional em um instituto de uma pessoa tão renomada. Eu estava cursando odontologia, mas eu continuava com essa veia de protética e esse amor pela anatomia dental. (Tininha Gomes)

A capacidade de dedicar-se inteiramente ao que faz, de imprimir energia prática às suas paixões, é habilidade que destaca estas personalidades que tanto têm a compartilhar. Sem dúvida, o estudo e a prática impulsionados por um desejo incomum de participar ativamente da construção da própria história leva algumas pessoas a participarem brilhantemente também da nossa.

Dedicação, esforço, entrega, vontade aplicada com força de realização. São palavras que parecem comum aos nossos olhos e ouvidos, mas caracterizam atitudes incomuns, pois, sua aplicação depende de fortaleza interior – tão rara nos moldes sociais. Com essa força feminina, sensível e transformadora, segue concretizando suas intenções e compartilhando com generosidade e empatia a experiência vivida e o dom recebido. Pioneirismo e projetos vultosos na odontologia são os resultados desta conduta inspiradora.

Veja, Tininha Gomes inicia este vídeo relatando: “Nossa, como que, com 34 anos, eu vou começar a fazer a faculdade de odontologia?” Havia feito pergunta parecida antes de iniciar o curso técnico em prótese dentária, porque já tinha sua primeira filha. No entanto, concluiu um, depois outro, e, sabe o curso de fisioterapia com especialização em neurologia? A ajudou a desenvolver técnicas que auxiliam seus alunos a memorizarem os conteúdos de seus cursos e livros.

A vida segue seu curso, e para quem se mantém atento(a), o caminho está sempre certo, por mais sem sentido que possa parecer em determinados momentos.

Habilidosa e esforçada, Tininha foi desenvolvendo sua própria técnica, seu jeito de encerar e registrar as informações de forma inteligível. Então, recebeu um grande convite da Quintessence editora: escrever um livro de anatomia dental, sua paixão!

(…) o Pérolas, é um livro de anatomia bem completo porque eu estudei muito, levei 3 anos para desenvolver esse livro. Esse livro tem enceramentos todos feitos por mim, em oclusão, eles encaixam perfeitamente um dente no outro e eu ainda coloquei toda minha técnica que eu desenvolvi de enceramento passo a passo no livro. (Tininha Gomes)

No momento desta entrevista o livro Pérolas, de anatomia dental, escrito por Tininha Gomes, estava esgotado na editora. E Tininha havia lançado outro projeto – um Atlas de anatomia dental. “Porque também sentia falta de um atlas para orientar professores, para orientar o pessoal da prótese, da dentística, os professores de cerâmica dental, a terem um conteúdo prático de anatomia dental.”

Claro que ela também ganhou os palcos dos eventos na área da odontologia e da prótese dentária, mas isso foi lá em cima, não da pra acompanhar esta mulher nem no texto (rs). Ela não para, como ela mesmo brinca. Passou a ser destaque nos palcos de eventos, mas sentia falta das mulheres ali com ela, em posição de destaque e reconhecimento. Mais do que isso, compartilhando o que sabiam e contribuindo para a profissão que tanto ama. Afirma que quando começou na prótese era uma das poucas mulheres que subia em palco de homens.

Deste sentimento surgiu o projeto MDM junto à editora Quintessence. Um projeto que estimula mulheres a escreverem livros, criarem seus artigos, a divulgarem suas pesquisas e técnicas. A subirem no palco e participarem mais ativamente de um universo que até então contribuíam de forma discreta.

Nós já temos vários livros escritos só por mulheres, mulheres que são apaixonadas pela prótese, que são apaixonadas pela odontologia. Então, esse é um projeto de vida, não só profissional. Projeto de vida, projeto pessoal mesmo, que me deixa extremamente orgulhosa de eu ter alavancado muitas mulheres, estimulado muitas mulheres nessa nossa profissão que é maravilhosa.    

Se você teve fôlego para chegar até aqui saiba que ainda não é o fim.  Há ainda outros projetos se realizando e ela conta pra gente no próximo vídeo, acompanhe. E se você, como eu, se encantou com a história e com a personagem, siga Tininha também pelas redes e aqui, no Canal da Prótese, porque ainda temos complementos desta entrevista carregada de verdade, amor e empatia.

Até o próximo vídeo com Tininha Gomes! 😉

Maria Fernanda Marques

Gestora de comunicação e marketing na Cairós Humaniza. Especialista em branding, comunicação humanizada e planejamento estratégico. Acima de tudo, apaixonada por gente! E motivada pelas relações humanas e as boas histórias que delas resultam, sobre pessoas e marcas.

Deixar um comentário