APDESPbr - O CANAL DA PRÓTESE ODONTOLÓGICA BRASILEIRA

Os momentos decisivos para uma carreira de sucesso

Já se sentiu apaixonado(a) capaz de vencer qualquer barreira? E se essa sensação for duradoura e aliada a grandes esforços? Mas isso depende de decisões diárias que em conjunto definem nossa trajetória profissional, certo?! Assista a este vídeo com Tininha Gomes e inspire-se. Ele é parte da série “Sua história, nosso valor’. Caso não tenha assistido ao vídeo anterior clique aqui e assista agora.

Me apaixonei pela anatomia dental. Eu ficava estudando, olhando dente natural. Colocava as meninas para dormir, eu tinha uma de 1 ano e outra de 2 anos, e ia para um cantinho que eu fiz no meu quarto – uma mesinha com uma luminária e lamparina (porque naquela época eu não tinha gotejador elétrico), com cera que eu catava no laboratório, modelo que eu cortava… eu lembro que eu pegava modelos do laboratório, cortava um dente e ficava lá esculpindo.

Ana Cristina Gomes, a Tininha, se apaixonou pela anatomia dental. Mas antes ela se apaixonou por Reinaldo Nascimento, hoje seu marido. E isso rendeu uma história e tanto! (Se você ainda não assistiu ao primeiro vídeo, faça isso!) A capixaba sonhou com a odontologia desde criança, mas para testar essa convicção sua mãe a levou para estagiar em um laboratório de prótese dentária de um amigo.

 

O amigo?! – Reinaldo Nascimento. Quem ofereceu o estágio e depois também o seu amor. A candidata a odontologia então abandonou a vaga recém-conquistada na universidade federal para odontologia e partiu para o sul do Brasil para se casar com o técnico em prótese dentária. Na cidade, Joinville, onde o casal vive até hoje, não havia curso de odontologia. Tininha então cursou fisioterapia. Chegou a exercer e se especializar na área de neurologia em fisioterapia. Mas as demandas do laboratório de prótese do marido clamavam por seu auxílio. E assim a prótese dentária foi tomando espaço em sua rotina e de certo modo suprindo sua paixão pela odontologia.

Mesmo com as filhas pequenas Ana Cristina cursou prótese dentária por três anos, se formou como técnica em prótese e começou as especializações junto do marido. “E um dia a sala de aula estava toda quietinha, todo mundo esculpindo, e a Luiza com 2 anos, que eu tive que carregar para o curso, me solta uma: ‘Ôh mãe, você já fez seus caninos e seus molares?’, aí todo mundo começou a rir porque como uma criança de 2 anos já conhecia essas terminologias da anatomia, o que que é canino, o que que é molar. Eu achei muito engraçado porque, eu acho que eu e o Reinaldo a gente falava tanto de trabalho, pelo amor que a gente já tinha e a gente trazia isso pra dentro de casa, que ela acabou se envolvendo com isso e hoje ela está cursando odontologia, ela é uma apaixonada também pela odontologia.”

 

A então técnica em prótese dental estava cada vez mais envolvida com a carreira. Na época no Brasil não existiam muitos cursos de especialização em cerâmica dental e a dupla chegou a cruzar o oceano Atlântico muitas vezes para ampliar seus conhecimentos nesta área. Tudo indo muito bem, realização profissional e pessoal satisfeitas, mas seu sonho em se tornar cirurgiã-dentista continuava latente.

Chegou o momento de decidir por sua concretização. Mas a verdade é que este momento chega todos os dias para cada um de nós. Desde o início quando decidia estudar depois de colocar as filhas para dormir, ao invés de descansar de um dia exaustivo. Uma escolha bem feita leva a outra. E as oportunidades vão aparecendo de acordo com as decisões que fazemos. A força que impulsiona tudo isso é mental. A felicidade é uma escolha (ou várias, feitas diariamente). Portanto, esteja atento(a) às oportunidades de escolha que podem te impulsionar à frente ou te manter estagnado(a) esperando a sorte chegar.

A fisioterapeuta, técnica em prótese dental, passou a cursar odontologia. Você já ouviu falar em criação mental? – Pois bem. Quando uma imagem é projetada constantemente em sua mente, com força de intenção, a chance de se tornar real é imensa. A vida deu suas voltas, poeira subiu e baixou algumas vezes, mas o sonho de vestir o jaleco branquinho foi concluído com êxito. Em muitos tons e tecidos. E como viajou!

A atividade profissional ficou ainda mais intensa. A agenda de cursos e palestras – agora ministradas por ela – inclui países da Europa e América Latina. E antes da pandemia a dupla não conseguia parar uma semana em casa atendendo a convites para disseminar seus conhecimentos em salas e auditórios lotados.

Mas você acha que a rotina parou? Só modificou o meio. A Tininha Online é um sucesso e os projetos não param. Porque como sabemos ‘gente apaixonada tem um gás a mais para viver’. Uma força oculta que guia, orienta, motiva a todo tempo. Claro que não é fácil. Há um tanto de abdicação e renúncia na vida pessoal para que os planos se concretizem. (Novamente o poder da escolha e o momento decisivo para uma vida em plenitude) Mas quando não há dúvidas na intenção a alegria de viver coroa nossos esforços. É o que ela nos conta no próximo vídeo.

Acompanhe esta série que está incrível! Muita gratidão pelas histórias compartilhadas. Um inspira o outro e juntos seguimos melhor. Inspire-se aqui com a gente. Até mais!! 😉

Maria Fernanda Marques

Gestora de comunicação e marketing na Cairós Humaniza. Especialista em branding, comunicação humanizada e planejamento estratégico. Acima de tudo, apaixonada por gente! E motivada pelas relações humanas e as boas histórias que delas resultam, sobre pessoas e marcas.

Deixar um comentário